Custom Search

Manual Instalacao BULK INK

Se o download não iniciar automaticamente clique aqui



Basicamente existem dois tipos de tintas, classificadas em corantes e
pigmentadas. As tintas corantes são mais baratas (tintas dye) e as pigmentadas
são as mais caras, utilizadas em gráficas
A tinta corante é a mais tradicional, enquanto a pigmentada (Durabrite) foi
introduzida recentemente pela Epson quanto a utilização caseira. Muitos
aparelhos multi-funcionais de várias marcas também utilizam deste tipo de
tinta, especialmente a preta.
A corante depende do papel para fazer o seu trabalho, já que é baseada em
absorção e outras reações químicas.
A pigmentada acrescenta uma camada de partículas ao meio de impressão, por
isso o acabamento é muito mais controlado, praticamente independente da
mídia, e capaz de imprimir cores muito mais vivas.
As pigmentadas também têm a vantagem de ser bem mais resistênte à ação do
tempo, sustentando as características mesmo sob forte ação dos raios
ultravioleta. Algumas, são até mesmo a prova d’agua. Essas tintas são muito,
mas muito mesmo, utilizadas com quem trabalha em sinalização exteriores.
A tinta corante tem 3 ramificações : ação ácida, ação reativa e disperdivas.
Normalmente as corantes para impressão em papel são dispersívas, enquanto
outros tipos são utilizados em tecido, metais e superfícies preparadas. Uma
das características mais apreciadas das corantes é a precisão das cores,
principalmente nas composições.
Esses dois tipos de tinta, corantes e pigmentadas, funcionam da seguinte
forma: Há um solvente e um agente colorizante. Nas tintas corantes, o
solvente é quase sempre a água, enquanto que nas pigmentadas é o óleo,
solvente mineral, álcool e até mesma água. No fim das contas o solvente deve
desaparecer, deixando apenas o veículo de cor depositado. A melhor precisão
das corantes deve-se ao tamanho minúsculo dos agentes, o que facilita a
obtenção de meios tons.
Note que as tintas pigmentadas à base de água também podem ser a prova de
d’água: depois da secagem, as partículas de coloração ficam firmemente
ligadas, e nem mesmo o contato com o solvente pode quebrar os arranjos. Pelo
que se tem notícia, todas as tintas das ink-jets atuais utilizam apenas água na
solução. Outros tipos de solventes são encontrados apenas nas tintas das
impressoras de grandes formatos e de aplicações especiais.
Algumas tintas pigmentadas também podem ter um terceiro elemento: um
agente dispersante que ajuda na manutenção da separação e suspensão do
veículo colorizante











Nenhum comentário:

Postar um comentário